Cio da Terra - Coletivo de Mulheres Migrantes

Na entrada da feira de artesanato fomos recebidas com um abraço caloroso da Laura (Peru). As mulheres ainda estavam montando as estandes. Cada uma com seu trabalho artesanal ou culinário. Tudo sendo preparado com muita alegria e cuidado. Ianaki (Peru) trançava seus longos cabelos com fitas coloridas, preparando-se para em breve apresentar uma dança típica de sua terra, Peru. A feira estava adornada com bandeiras dos países natais das participantes. Lá tinha artesanato, comidas e músicas típicas do Peru, Chile, Argentina, Síria e Senegal.

 

O Cio da Terra é um coletivo de mulheres migrantes que surgiu dentro do projeto Mulheres do Centro Zanmi, em 2016. Lá aconteciam encontros para trocas de experiências entre mulheres migrantes. Foi uma forma que a Luciana (Brasil) encontrou de fomentar a integração destas mulheres na realidade e cultura brasileira. Como elas mesmas nos contaram morar em um país diferente do seu trás uma série de desafios que segregam, como a língua, o trabalho, a comida, o ser mulher estrangeira e os choques culturais que acontecem por isso…

 

Em 2017 o Coletivo se consolidou. “O nosso lema é somos terra fértil sem fronteiras. E terra fértil no sentido de criar.” (Laura). Além de dar prosseguimento as rodas de conversa, passaram a propor também encontros temáticos que discutem questões como direitos da mulher migrante e culturas de seus países. Além disso, com a iniciativa da Marinela (Peru) passaram a participar e promover feiras multiculturais de artesanato e gastronomia. Ela com experiências de 18 anos trabalhando como autônoma em Belo Horizonte busca incentivar a integração cultural e a autonomia financeira das participantes do coletivo. “Quando cheguei ao Brasil, vim na cara e na coragem sozinha. E muitas pessoas me apoiaram para me entrosar. E quero fazer o mesmo por minhas iguais. Quero trabalhar com essas mulheres, são minhas semelhantes.”  

 

Partilhamos um dia muito especial cheio de acolhimento e simpatia ao lado destas mulheres inspiradoras. Temos certeza que ainda tem muita história linda vindo por aí. Cio da Terra é espaço de partilha, união, visibilidade e sororidade.